Salmonella | Abordagem Holística

Mesmo após uma década de combate às infecções por Salmonella, este organismo ainda representa uma importante causa de doenças transmitidas por alimentos em humanos. Saiba mais nesta seção.


(Dra. Barbara Grabkowsky em 22/05/13)

Mesmo após uma década de combate às infecções por Salmonella, este organismo ainda representa uma importante causa de doenças transmitidas por alimentos em humanos (EFSA EFSA Journal 2009 1 (v1.0), Dawe JF PROCEEDINGS OF THE FIFTY-THIRD WESTERN POULTRY DISEASE CONFERENCE 2004 24 (v1.0) ). Estudos recentes estimam 80,3 milhões de casos anuais no mundo relacionados a infecções por Salmonella (Majowicz SE Clinical Infectious Diseases 2010 882 (v1.0) outros, 2010). A prevenção da infecção por Salmonella já inicia na granja, e pode ser manejada com maior sucesso através de uma “abordagem holística”. Isto implica em lidar com o desafio da prevenção da Salmonella de todos os ângulos, ou seja, 360 graus.

De acordo com este conceito, todas as fontes e vetores (ração, pintos com poucos dias de vida, roedores, equipamento, água, pessoal, etc) devem ser cuidadosamente considerados ao avaliar-se estratégias de intervenção contra a Salmonella. Levando isso em conta, a prevenção contra a Salmonella em granjas pode ser manejada com mais sucesso através de uma “abordagem holística” que é baseada nos seguintes principais pilares profiláticos:

  • Profilaxia geral contra a infecção: biossegurança, controle de pragas e roedores, limpeza e desinfecção, gestão da saúde, estudo e conscientização para diminuir a pressão da infecção e interromper cadeias da infecção.
  • Profilaxia específica contra a infecção: vacinação, diagnóstico & monitoramento e manejo nutricional para um abrangente cuidado da saúde das aves.

LEGENDA: Compartilhar informações com uma abordagem holística é a maneira ideal de auxiliar as indústrias de carne e ovos a melhor prevenir e controlar a infecção por Salmonella na cadeia de produção.  

A vacinação desempenha um papel importante na abordagem holística nas granjas para prevenir infecções por Salmonella. (Temelli S et al Poultry Science 2010 1406 (v1.0)).

A vacina ideal contra a Salmonella deve ser eficaz na redução da colonização, persistência e disseminação das cepas de campo. Ela deve encaixar-se em práticas comuns da granja e evitar custo e trabalho extras tanto quanto possível. A vacina ideal não deve interferir com o monitoramento de rotina da Salmonella e as aves vacinadas devem ser protegidas o quanto antes. Com este objetivo, vacinas vivas foram desenvolvidas para oferecer grandes vantagens ao produtor, tais como aplicação fácil, bem-estar animal, e especialmente segurança e eficácia. Preferencialmente, estas vacinas vivas atenuadas devem oferecer proteção homóloga contra Salmonella Enteritidis ou Salmonela Typhimurium. Evidências científicas mostram que existe alguma proteção cruzada dentro de diferentes sorovares, mas vacinas homólogas oferecem a melhor proteção contra infecção (Martin e outros, 1996; Springer S Tierärztliche Praxis Ausgabe G- Großtiere 2021 249 (v1.0) e outros, 2000; Chacana PA et al Avian Diseases 2006 280 (v1.0)).

Várias vacinas vivas inativadas têm sido desenvolvidas contra S. Enteritidis, S. Typhimurium e S. Gallinarum; contudo, apenas poucas delas são reconhecidas globalmente como produtos do mais alto padrão. Vacinas autógenas, também conhecidas como “autovacinas” (bacterinas inativadas) são também usadas, embora não apareçam em registros comerciais, pois são produzidas especificamente para certos lotes de aves. É sabido que vacinas vivas contra Salmonella oferecem melhor proteção pois estimulam tanto a imunidade celular quanto a imunidade humoral mediadas por anticorpos. A vacinação com a água dos bebedouros imita a rota natural da infecção, e permite a aplicação em massa desde o primeiro dia de vida, sem estressar as aves (não há necessidade de pegá-las e injetar em cada ave individualmente). Por outro lado, vacinas inativadas injetáveis produzem titulações de anticorpos sólidos que são transmitidas ao ovo e à progênie. São comuns programas de vacinação apenas com vacinas vivas, ou combinadas com vacinas ativadas.

Legenda: A vacinação via água dos bebedouros oferece proteção precoce e ausência de estresse para as aves.

Você também pode estar interessado em

Salmonella | A Infecção

A infecção por salmonella começa com a invasão de um organismo hospedeiro por cepas de campo de salmonella. Saiba mais sobre Salmonella 360°.

Salmonella | Produtos & Serviços

Elanco oferece tecnologias inovadoras, customizáveis e com base científica, combinadas com “soluções além dos produtos”. Saiba mais sobre nossa proposta.


Fale conosco

Entre em contato por meio do nosso Serviço de Atendimento ao Cliente de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h (exceto feriados), por telefone 0800 011 2690 ou e-mail sac@elancoah.com

LinkedInCallEmail


Elanco and the diagonal bar logo are trademarks of Elanco or its affiliates. © 2022

PM-BR-22-0336